Plano de saúde das(os) servidoras(es) da UFJF sofre reajuste de 19,8%

01/09/2022

Apesar de intensas reuniões de negociação da Comissão de acompanhamento do contrato do Plano de Saúde da UFJF com a Unimed, o plano oferecido às servidoras e servidores será reajustado em 19,8% a partir deste mês.

O coordenador de Administração e Finanças do SINTUFEJUF, Luiz Tegedor, lamenta a decisão numa conjuntura em que as servidoras e servidores públicos federais estão com os salários congelados há 6 anos. “Não temos reajuste, não temos data base. Percebemos o empobrecimento da categoria que se relaciona com a dificuldade para arcar com o aumento”, afirma. 

Na prática, o impacto no bolso é ainda maior, uma vez que o reajuste ocorre sobre o valor total do plano, incluindo o auxílio suplementar do Governo Federal à saúde. Como o auxílio se mantém inalterado, todo o aumento é absorvido pelo servidor. 

De acordo com o representante dos TAEs na comissão, Marcos Louzada, ao longo das reuniões de negociação, essas questões foram apresentadas à Unimed. Entretanto, o reajuste está previsto no contrato firmado entre a UFJF e a empresa, a partir de licitação ocorrida em 2018, e tem  vigência até agosto de 2023. O documento vincula o cálculo à sinistralidade (uso do plano nos últimos 12 meses). Inicialmente, a proposta apresentada pela contratada era de 22,16% de aumento, considerando que no último ano a sinistralidade chegou a aproximadamente 90%.

Desde julho, o SINTUFEJUF e a APES estavam em constante diálogo com a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe) e a Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças (Proplan) para tentar reduzir o índice apresentado (Relembre).

Durante o período das tratativas com a Unimed, no dia 12 de agosto, Marcos Louzada participou da assembleia geral de TAEs para debater sobre o assunto, buscar alternativas e ouvir o posicionamento da categoria para defender nas reuniões. Entre os encaminhamentos, além de tentar buscar o menor reajuste possível, Marcos ficou encarregado de solicitar alternativas de plano mais acessíveis à contratada. “A Unimed irá entrar em contato com o sindicato para verificar a possibilidade de oferecimento de um plano alternativo, visando atender àqueles servidores que por ventura não tiverem condições de permanecer no plano nas condições atuais”, afirma.

Segundo nota divulgada pela UFJF, para possibilitar a cobrança do reajuste ainda em setembro, evitando cobranças retroativas, para os servidores cujo vencimento da mensalidade ocorre no dia 6 (débito automático), a data será alterada para o dia 12, excepcionalmente este mês. Os demais vencimentos não terão alteração de data.

A universidade orienta aos servidores que necessitarem fazer mudanças no contrato ou esclarecer dúvidas sobre o reajuste, que procurem a equipe de atendimento formada pela Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe) e a Unimed. Conforme a instituição, o serviço estará disponível na Central de Atendimento (CAT), do campus de Juiz de Fora, entre os dias 5 e 9 de setembro, das 8h às 13h e das 15h às 18h, com exceção do dia 7, feriado nacional. Em Governador Valadares, a Progepe disponibilizou um ramal específico direcionado apenas para a resolução dessas questões: (32) 2102-3979, durante o mesmo período.

Notícias mais lidas

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF