Três TAEs da UFJF são premiados em maior congresso de Engenharia Elétrica do Brasil

Três técnico-administrativos em educação do departamento de Engenharia de Produção e Mecânica da UFJF, Guilherme Miranda, Matheus Antunes e Marcos Victor, foram premiados com menção honrosa no XXIII Congresso Brasileiro de Automática (CBA) que ocorreu de forma virtual entre os dias 23 e 26 de novembro de 2020. O evento é reconhecido como o maior congresso na área de Engenharia Elétrica do Brasil. Além dos TAEs, fazem parte da equipe do trabalho premiado os estudantes de graduação Thiago Esterci, Alexandre Dutra e Matheus Malta e o docente Eduardo Aguiar.

Com o artigo intitulado “An Autonomous Model to Classify Lathe’s Cutting Tools Based on TSFRESH, Self-Organised Direction Aware Data Partitioning Algorithm and Machine Learning Techniques“, Guilherme explica que o trabalho é fruto de um projeto de pesquisa financiado pelo CNPq. Trata-se de um modelo autônomo para classificar ferramentas de corte de torno em usinagem. O projeto visa provar um conceito na área de machine learning e construir um equipamento que funcione com esse conceito para melhorar o processo de usinagem, conseguindo monitorar a vida útil da ferramenta de corte e assim melhorar a qualidade das peças e do processo de torneamento. Segundo ele, as qualificações técnicas e a bagagem profissional dos TAEs agregam muito para a instituição.  “No projeto, nossa atuação foi de forma ativa, participando de reuniões semanais debatendo questões técnicas e estratégicas para a realização do trabalho”, afirma. Para ele, ter um grupo de TAEs envolvidos de forma ativa em um trabalho dessa magnitude é um grande feito para a categoria.

De acordo com Guilherme o projeto envolve várias áreas da engenharia como usinagem, machine learning, processamento de sinais, eletrônica e manutenção. “Ficamos responsáveis também pelo desenvolvimento da solução de Hardware e a integração e comunicação dos dispositivos de Hardware, além disso, realizamos todos os ensaios práticos para validar o trabalho nos laboratórios da Faculdade de Engenharia Mecânica e Produção”, explica.

O CBA é realizado desde 1976 bianualmente, e conta com a participação de pesquisadores e profissionais de diversas áreas da engenharia elétrica do Brasil e de outros países, promovendo a integração das comunidades científicas, acadêmicas e industriais.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF