TAES PARALISAM ATIVIDADES EM DIA NACIONAL DE LUTAS EM DEFESA DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PÚBLICAS

Os trabalhadores técnico-administrativos em educação, reunidos em assembleia geral, aprovaram uma paralisação da categoria no dia 02 de agosto, em adesão ao Dia Nacional de lutas em defesa das instituições de ensino pública. Está na pauta da paralisação também a abertura de negociações.

A categoria deliberou pela realização de um ato a partir das 6h30 na reitoria.

Durante a assmebleia, a categoria repudiou a medida provisória do governo Temer que institui a retomada do Programa de Demissão Voluntária (PDV), e concordou com a necessidade de dar início a uma campanha pela não adesão dos trabalhadores ao programa. 

A medida provisória prevê a redução da jornada de trabalho de 8 horas diárias e 40 horas semanais para 6 horas diárias e 30 horas semanais, ou 4 horas diárias e 20 horas semanais, porém, com redução proporcional da remuneração. Confira a nota elaborada pelo sindicato.

Ao final da assembleia, os trabalhadores visitaram a reitoria, garagem, biblioteca e restaurante universitário para comunicar sobre a decisão de paralisar no dia 02 de agosto.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF