TAEs elegem representantes para o conselho gestor do campus avançado da UFJF em Governador Valadares

As trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em educação (TAEs) do campus avançado da UFJF em Governador Valadares, reunidos em assembleia virtual na última terça-feira, 06 escolheram os novos membros para o conselho gestor. Criado pela Resolução n° 35/2015 do Conselho Superior da UFJF, trata-se de um órgão consultivo e deliberativo da UFJF em Governador Valadares que se reúne e promove debates e tomadas decisões que influenciam na dinâmica da Universidade, tais como planos de ação administrativa, proposta orçamentária, propostas de Convênios, prestações de contas, entre outros. Fazem parte do conselho representantes técnicos administrativos em educação, docentes e membros das Unidades Acadêmicas.

De acordo com a representante dos TAEs de GV no SINTUFEJUF, Isadora Pacheco, alguns dos atuais membros se dispuseram a permanecer no conselho, como os titulares Erick Carvalho e Jennifer Grossi, e a TAE Aline Costa, que era suplente e se candidatou a titular. Isadora Pacheco e Maria Alice Franco se candidataram a titulares. Vanessa Cristina Estevam Bittencourt, Guilherme Rodrigues de Sena Mendes e Ana Maria dos Santos Moreira se dispuseram a permanecer na suplência, e Luan Sodré e Roberto Silva Lima se candidataram a novos suplentes. Todos os nomes foram eleitos por aclamação por unanimidade.

No início a assembleia, os técnico-administrativos Kassandro Burmman e Ricardo Cunha Grunewald representantes dos TAEs na comissão para definição de “Metodologia de Debate” sobre uma possível emancipação do Campus Governador Valadares, relataram sobre o trabalho da comissão. De acordo com Kassandro, as reuniões foram reativadas recentemente, tendo ocorrido ainda a primeira para planejar a metodologia para realizar uma pesquisa junto à comunidade acadêmica sobre o tema. Conforme Ricardo, antes de discutir a metodologia é preciso discutir o objetivo do trabalho que a comissão está realizando. Segundo ele, a discussão ainda está muito no início, tendo algumas divergências, mas também consensos. A primeira reunião abordou a etimologia da palavra debate, a proposta é que as discussões sejam setoriais, moderadas por uma comissão, devendo também ser regradas, com tempo de fala. 

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF