TAEs do IF SUDESTE aprovam mobilização em Dia Nacional de Lutas em defesa da flexibilização

No dia 06 de fevereiro, trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em educação do IF Sudeste MG (Campus Juiz de Fora e reitoria) estarão mobilizados em defesa da flexibilização da jornada de trabalho. A atividade foi aprovada em assembleia geral da categoria realizada na tarde de quarta-feira, 30 de janeiro e atende ao chamado da Fasubra para o Dia Nacional de Lutas.

A mobilização tem como objetivo conscientizar as alunas e os alunos da instituição em relação às mudanças ocasionadas no atendimento aos mesmos desde abril de 2018, quando o reitor Charles Okama publicou uma portaria suspendendo a flexibilização da jornada de trabalho dos TAEs. Embora uma nova minuta de regulamentação já esteja em vigor, a maioria dos processos aprovados pela comissão de acompanhamento da flexibilização está sendo negada pelo colégio de dirigentes. Por isso a categoria compreende a necessidade de mobilização.

Desta forma, a assembleia deliberou pela realização de panfletagem na entrada principal do Campus Juiz de Fora durante os três turnos letivos, com concentração às 6h30, 12h15 e 18h15.

Plenária Nacional da Fasubra

Durante a assembleia, o coordenador geral Flávio Sereno, a coordenadora Geral Maria Angela e o TAE Sandro Teófilo fizeram o relato da Plenária Nacional da Fasubra, que pela primeira vez, a contou com a participação de um delegado representando o IF Sudeste MG (campus Juiz de Fora e reitoria). A Plenária aconteceu nos dias 07, 08 e 09 de dezembro, e o delegado foi eleito em assembleia geral da categoria no dia  23 de novembro.

Coordenadora Geral do Sintufejuf, Maria Angela Costa, participou da Plenária enquanto também coordenadora da Fasubra
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é r4eUfN56eX4ZoRW38MyCQbFvWhVBYBKgwVgP65zlo107yXX7Qo7u1Jc2GHtthJ0nN01MHi9apmr7mZIZ0Hb15GgOjuivlqr5rhEuq_dWbD_j8gUN58GAtI1dshs9q6Xk111AK40E
Flávio Sereno foi o delegado indicado pela direção do sindicato

Flávio Sereno destacou que o Sintufejuf contou com a representação de 5 delegados, sendo um do IF Sudeste, um da direção do sindicato, dois da UFJF do campus de Juiz de Fora e um do Campus Avançado da UFJF  em Governador Valadares. De acordo com ele, entre outros assuntos, a Flexibilização da jornada de trabalho foi pautada na plenária, inclusive a construção da mobilização no dia 06 de fevereiro. Também foram temas a campanha salarial e a atual conjuntura política, diante de um governo recém eleito e com mais legitimidade para aprovar projetos no congresso que atacam a classe trabalhadora, principalmente o serviço público.

Sando Teófilo foi o primeiro delegado do IF Sudeste MG a participar da Plenaria

Maria Angela participou da Plenária enquanto coordenadora da Fasubra Sindical. Ela conta que uma das principais temáticas foi em torno da mobilização. Para ela, o objetivo do governo é enfraquecer os sindicatos. Por isso é necessária a mobilização contínua, para mostrar que a categoria não vai aceitar ainda mais retirada de direitos. “Na plenária foi feito o discurso sobre como fazer e o que fazer para mostrar que não vamos ficar de braços  cruzados e facilitar a vida deles (governantes).” afirma.

Gabriela Leite foi eleita para plenária de fevereiro

Segundo Sandro, a cada dia se mostra mais a necessidade de se articular e trabalhar em defesa da categoria e de tudo que é necessário no país. No entanto, diante da atual conjuntura, ainda existe incerteza de que forma fazer o enfrentamento. Por isso a importância da plenária enquanto espaço de organização da luta da categoria.

Para a próxima plenária, que acontece nos dias 15 e 16 de fevereiro, a categoria elegeu por unanimidade a técnico-administrativa Gabriela Santos Leite como titular e Vânia Maria de Paula como suplente.