Suspensão de prova de vida de aposentados e pensionistas é prorrogada até 31 de maio

Em virtude do atual cenário da pandemia, o INSS prorrogou, até 31 de maio, a prova de vida. A comprovação que as (os) aposentadas (os) e pensionistas precisam fazer junto a rede bancária, de que estão vivos, para continuar a receber os seus proventos e benefícios está suspensa desde março de 2020. Esta medida, publicada no Diário Oficial, foi tomada para preservar as (os) seguradas (os), que, na maioria, são idosas (os) e consideradas (os) grupo de risco da Covid-19.
O prazo já havia sido prorrogado diversas vezes, sendo que a última prorrogação seria até 31 de março. De acordo com a Instrução Normativa Nº 121, a suspensão não traz nenhum impacto para as (os) aposentadas (os) e pensionistas, que vão continuar recebendo o seu pagamento normalmente.
Deste modo, apesar da medida, não haverá suspensão nas aposentadorias e pensões das (os) sindicalizadas(os), e, assim que o recadastramento volte a ser realizado, informaremos às (aos) interessadas (os).
Cuidado com golpes!
O INSS alerta ainda que não faz contato telefônico para prova de vida. De acordo com o instituto, as recentes ligações que aposentadas(os) e pensionistas estão recebendo para a realização da prova de vida são golpes. Durante a chamada, os golpistas citam todos os dados pessoais do aposentado e solicitam que seja enviada uma foto de um documento via whatsapp para finalizar o processo.
Caso recebam esse tipo de ligação, desligue o telefone e não forneça qualquer de informação.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF