Sintufejuf volta a realizar reuniões setoriais na UFJF

As reuniões setoriais reúnem exclusivamente a categoria TAE lotada no setor, para promover um diálogo maior entre a Diretoria Executiva do Sintufejuf e as demais servidoras e servidores. Dessa forma a categoria tem mais facilidade em levar suas demandas ao Sindicato, além de dialogar mais diretamente com a Diretoria e poder tirar dúvidas, sindicalizar-se, etc. Segundo o coordenador geral do Sintufejuf, Flávio Sereno, o objetivo da Diretoria é realizar essas reuniões em todos os setores da universidade e com mais frequência a partir de agora.

Na semana passada foram realizadas reuniões no Instituto de Ciências Biológicas (ICB) e no Instituto de Ciências Exatas (ICE). Hoje a tarde, às 15h30, as servidoras e servidores TAEs da Faculdade de Educação Física e Desportos (FAEFID) também se reunirão e na semana que vem será a vez da Faculdade de Odontologia. Flávio Sereno conta que essas reuniões são muito importantes para que o Sindicato consiga dialogar com a categoria com mais tempo sobre questões mais complexas. “As primeiras impressões após as reuniões do ICB e do ICE são de que as principais dúvidas da categoria se concentram no funcionamento do sistema de ponto eletrônico. A flexibilização também é um tema recorrente. Por parte do sindicato, estamos, nestas reuniões, apresentando as ações que estão sendo realizadas para enfrentar a reforma da previdência e as medidas do governo que visam enfraquecer as organizações sindicais”, contou Flávio.

As pautas estão sendo adaptadas às demandas de cada instituto, mas até o momento foram discutidas, principalmente, a jornada de trabalho flexibilizada, o ponto eletrônico e os impactos da MP 873/19, que pretende impedir o desconto da contribuição sindical na folha de pagamento das trabalhadoras e trabalhadores. Flávio Sereno explica que a contribuição sindical é voluntária e que o pagamento via boleto, como obriga a medida provisória assinada por Bolsonaro, gera um gasto extra para o sindicato, além de elevar os índices de inadimplência. Ele também mencionou a importância da contribuição para a manutenção da estrutura do Sintufejuf – sede administrativa, sede campestre, veículos, funcionários, etc – e ressaltou a análise feita pela categoria na última assembleia, de que o objetivo dessa MP é acabar com os sindicatos, que tem sido a linha de frente na defesa da aposentadoria e da Previdência Social Pública.

A Diretoria também falou nas reuniões anteriores sobre as medidas administrativas que já estão sendo tomadas pelo Sintufejuf para conter a MP, como a ação na qual o Sindicato obteve uma liminar favorável e conseguiu suspender temporariamente os impactos da medida, além da necessidade de recadastramento das sindicalizadas e sindicalizados, para que seja possível atualizar os dados de todas e todos e autorizar o pagamento da contribuição sindical via débito automático. Assim o Sindicato não fica refém da medida provisória assinada por Bolsonaro e também não gera gastos extras com a emissão dos boletos. Se você ainda não se recadastrou, clique AQUI, faça o download da ficha de sindicalização, preencha todos os dados e entregue o documento na sede administrativa do Sintufejuf. Para mais informações entre em contato com o Sindicato através do número (32) 3215-7979.

Uma das servidoras do ICE, presente na reunião do setor, avaliou positivamente o espaço e afirmou que a oportunidade de tirar dúvidas diretamente com representantes do Sindicato traz mais segurança para a categoria. “A reunião durou 2h e a gente percebeu que ainda foi insuficiente pra quantidade de dúvidas levantadas pelos TAEs. Isso mostra que essa ideia do sindicato de promover reuniões periódicas vai ser de grande importância pro esclarecimento de dúvidas, pra que nós tenhamos firmeza nos nossos procedimentos dentro da instituição”, contou Tatiane, que aproveitou a ocasião para sindicalizar-se. Outro servidor do setor que participou da reunião, Paulo d’Almeida, já é sindicalizado desde que ingressou na UFJF como TAE, em 2011. Ele conta que sofreu assédio no setor onde trabalhava antes de ser removido para o ICE e teve total apoio do Sintufejuf durante o processo de denúncia e remoção. Para ele o diálogo entre os trabalhadores do setor e o Sindicato, além da participação ativa dos TAEs em órgãos colegiados e outros espaços de decisão da Instituição, são de extrema importância. “Acho que essa reunião é importante e a gente tem que estar unido. É uma época difícil do país, em que todos tem que estar unidos e fortes”, afirmou Paulo. Durante a reunião ele também mencionou a importância do trabalho realizado pelos servidores públicos e a necessidade de resgatar e dar visibilidade a essa questão. A estabilidade, por exemplo, foi levantada como questão chave para a categoria, já que ela permite uma atuação mais crítica das servidoras e servidores.

Acompanhe o site do Sintufejuf para saber as datas e locais das próximas reuniões setoriais.

Confira a seguir as fotos das reuniões realizadas no ICB e no ICE: