SINTUFEJUF se reúne com Renata Mercês, nova gestora da PROGEPE, e renova pauta de reivindicações

Com o objetivo de retomar negociações pendentes com a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE), a coordenação do SINTUFEJUF se reuniu hoje (11) com a nova pró-reitora Renata Mercês, que assumiu a frente da unidade no último dia 3. Entre os temas abordados estão as discussões sobre a política de remoções, de qualificação, jornada de trabalho e flexibilização e da regulamentação do teletrabalho prevista em recentes normativas governamentais.

O coordenador de comunicação do SINTUFEJUF Márcio Sá Fortes conta que a reunião foi muito importante para que o sindicato mantenha o diálogo com a administração central da Universidade acerca dessas questões que envolvem a categoria. “Nós usamos esse primeiro encontro para poder passar para a nova pró-reitora pontos que já estavam sendo discutidos e que fazem parte do nosso dia-a-dia”. Márcio também destaca que também foram discutidos tópicos de maior urgência, como a solicitação de uma resposta ao pedido feito pelo SINTUFEJUF de que o recebimento de documentação para seleção de professoras e professores substitutos fosse feito apenas de forma remota, para não gerar mais trabalho presencial para os e as TAEs.

Segundo o coordenador geral do SINTUFEJUF, Flávio Sereno, também foi um encontro importante para que os diversos pontos de negociação entre o sindicato e a UFJF na área de gestão de pessoas fossem renovados. “Algumas demandas são recentes mas outras são de muito tempo, como o desenvolvimento de política de qualificação no âmbito da instituição. Sabemos que existem regulamentações externas, mas pensamos que há espaço e necessidade da UFJF ter resolução própria sobre o tema”. Ainda de acordo com o coordenador, uma comissão foi criada para elaborar esta proposta mas, apesar de concluído o trabalho, o texto ainda não foi levado para apreciação do Conselho Superior (Consu).

Flávio também destacou a importância de se avaliar a política de remoções da UFJF definida no ano passado. “Há previsão na portaria que inaugurou a nova política de remoções de uma avaliação por comissão própria, tendo a presença do sindicato. Na época da publicação desta portaria nós já apresentamos alguns pontos em que entendemos ser necessários alguns ajustes. Com a criação da comissão, poderemos debater novamente estas e outras questões já percebidas durante este período.” Renata, que estava acompanhada do secretário Odirley Hayalla de Resende, recebeu as demandas do SINTUFEJUF ficando acordado novo encontro para respostas e possíveis encaminhamentos no próximo mês.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF