Reforma administrativa: Como ela afeta os servidores e serviços públicos

A proposta de reforma administrativa encaminhada pelo governo Bolsonaro ao Congresso atinge os servidores e os serviços públicos. A justificativa do governo seria reduzir gastos para sobrar mais recursos para investimentos, porém a proposta não inclui parlamentares, magistrados (juízes, desembargadores, ministros dos tribunais superiores), promotores e procuradores, além dos militares. Para discutir sobre os prejuízos como fim da estabilidade, extinção dos planos de carreira, redução de salários e de condições de trabalho caso seja aprovada a PEC 32/2020, o SINTUFEJUF junto ao Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos da UFSJ (Sinds-UFSj) e o Sindicato dos Docentes da UFSJ (ADUFSJ) realizam uma live na próxima quinta-feira, 17, às 19h nos canais do Facebook e Youtube das três entidades.

Anote na sua agenda, participe e compartilhe! Seu lugar também é na luta!

Participação:

– Maria Clara Santos, 1ª secretária da ADUFSJ – Seção Sindical, jurista e professora do Departamento de Ciências Sociais da UFSJ.

– Flávio Sereno, coordenador geral do Sintufejuf

– Agnaldo Fernandes – trabalhador técnico-administrativo em educação da UFRJ

Mediação:

– Denilson Ronan de Carvalho, coordenador-geral do Sinds-UFSJ

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF