Projeto criado pelo Comitê de Combate à Covid-19 do IF Sudeste arrecada doações para instituições da cidade e funcionários terceirizados

Com o mote “apoie uma família”, o Comitê de Combate à Covid-19 do IF Sudeste está arrecadando doações para aquisição de cestas básicas destinadas a instituições da cidade e funcionários terceirizados. Além de alimentos, cada cesta, no valor em torno de R$70, conta com um kit de enfrentamento à COVID-19, panfletos educativos e máscara de tecido reutilizável. A campanha conta com o apoio do SINTUFEJUF, APES e Sinasefe-RP. Segundo Wildson Justiniano Pinto, professor do Campus de Rio Pomba e membro do comitê em Juiz de Fora. até o momento, foram arrecadados R$ 11.213,08, sendo parte do dinheiro doado pelas três instituições sindicais.

De acordo com o membro do comitê e representante dos técnico-administrativos do IF Sudeste MG no SINTUFEJUF, Sandro Teófilo existe um comitê central do instituto de acompanhamento e avaliação da situação da Covid, que solicitou a criação de comitês locais para cada campus. “Nós fizemos a submissão do projeto de extensão com a reitoria e a pró reitoria de extensão, que conta com a participação de bolsistas para ajudar na divulgação da campanha de combate a pandemia. Cada comitê local possui uma conta gerenciada pela Fadepe, com a possibilidade de consultar o saldo, efetuar os pagamentos, mas tudo mediado pela fadepe”, explica Sandro.

Desta forma, a ação integra o projeto de extensão multicampi “Educação e Cidadania: ação solidária de troca de orientação, arrecadação e distribuição de alimentos e insumos de proteção, prevenção e combate à pandemia da COVID-19, no âmbito de atuação do IF Sudeste MG”.

Os comitês locais ficaram encarregados de fazer contato com associações filantrópicas, que já exercem esse tipo de trabalho. “A partir daí, foram feitos contatos com empresas da cidade que vendem alimento, materiais de limpeza para que passassem o orçamento”, conta Sandro. Segundo ele, a distribuição tem sido feita pela própria empresa escolhida para a compra dos materiais, e as instituições beneficiadas também se organizaram para fazer a coleta e a distribuição.

De acordo com Sandro, o comitê priorizou atender os trabalhadores terceirizados, tanto da reitoria quanto do campus. “Foi feita uma consulta junto aos trabalhadores para saber quem estava precisando deste apoio e as pessoas que manifestaram foram incluídas numa listagem e tiveram a disponibilização dos materiais” explica.

Conforme Wildson, foram contemplados 19 trabalhadores terceirizados que atuam no Campus de Juiz de Fora do IF Sudeste MG além de 5 que atuam na Reitoria do instituto. Em seguida, foram selecionadas 3 associações inicialmente para serem contempladas com as doações. “Com parte do dinheiro até agora arrecadado, a gente comprou 130 cestas que foram distribuídas, e recebemos a doação de mais uma pela empresa. Foram 131 família contempladas”, conta. Para ele, a campanha é importante pois atende pessoas economicamente vulneráveis. “A gente oferecendo pelo menos o alimento básico a gente diminui os impactos que a pandemia vem trazendo. Certamente, com o distanciamento, muita gente que doava deixou de doar, os próprios terceirizados perderam o auxílio alimentação. A ação é importante para mostrar que nós, enquanto instituição federal, por mais que nosso foco seja ensina, pesquisa e extensão, a gente se preocupa com a sociedade. Todos os campi estão fazendo as mesmas ações. Isto mostra a importância do serviço público federal” explica Wildson.

As doações são apenas financeiras, e de qualquer valor, podendo ser feitas através da Conta corrente 22831-1, agência 1615-2 Banco do Brasil, em favor da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino Pesquisa e Extensão (Fadepe), CNPJ: 00.703.697/0001-67

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF