NOTA CONJUNTA DO ANDES-SN, FASUBRA E SINASEFE SOBRE OS ATAQUES AOS DIREITOS DOS (AS) TRABALHADORES (AS) DA UTFPR E DO IFSP

Em nota conjunta, a FASUBRA, o ANDES-SN e o SINASEFE repudiam os ataques aos direitos das trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos e professoras e professores, garantidos na Constituição Federal brasileira de 1988 e na legislação em vigor, e, consequentemente à educação e ao serviço público no Brasil.
O ataque aconteceu na última sexta-feira, dia 14 de fevereiro, quando foi expedido o Ofício nº 091/2020 pela Diretoria de gestão de pessoas (DIRGEP) da Reitoria da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) que determinou a suspensão, por tempo indeterminado, da implantação de diversos direitos da classe trabalhadora na folha de pagamento (progressão de qualquer natureza, promoção, aceleração da promoção, retribuição por titulação, incentivo à qualificação, RSC, gratificação por encargo de curso e concurso, adicional noturno, horas extras, inclusão de novos adicionais de insalubridade, inclusão de novos adicionais de periculosidade, substituições de chefia, novas solicitações de auxilio transporte, indenização de férias rescisão e aposentadoria, novas solicitações de ressarcimento à saúde, auxilio natalidade, pré-escolar, pela realização de bancas, GECC e processos similares que resultem em novas despesas).
Diante de tal ataque, as entidades estão tomando as medidas politicas e jurídicas cabíveis na defesa dos direitos do(a)s trabalhadore(a)s da UTFPR e do IFSP!
Confira a nota: https://sintufejuf.org.br/wp-content/uploads/2020/02/Nota-Conjunta-ANDES-SN-SINASEFE-e-FASUBRA.pdf

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF