Governo confunde população e anuncia recomposição de parte de corte do MEC que não havia sido divulgada

Diante da pressão popular com as manifestações de 15 de maio, o Governo anunciou que irá recompor parte da verba que seria cortada do Ministério da Educação (MEC). No entanto, de acordo com o coordenador de Finanças do SINTUFEJUF Luiz Tegedor, esta recomposição seria de um corte que ainda não havia sido anunciado pelo governo. “O bloqueio inicial seria de R$7 bilhões, entretanto não chegou a ser anunciado. Numa tentativa de desmobilizar as manifestações o governo anunciou que teve o recuo de R$1,59 bilhões. Mesmo após a informação do recuo, o governo afirma que ficou mantido o contingenciamento de R$5,8 bilhões” afirma Luiz.

Apesar da manifestação do dia 15 ter surtido efeito, com a não ampliação do contingenciamento, os cortes continuam atingindo tanto o ensino básico quanto as universidades e institutos federais. Desta forma, é importante manter a mobilização. No dia 30 de maio, Dia nacional de luta em defesa da educação, convocado pelo movimento estudantil, acontecem atos em todo o Brasil. As trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em Educação da UFJF irão discutir as atividades que compõe a data em assembleia geral da categoria no próximo dia 28 de maio, às 13h na Faculdade de Administração e Ciências contábeis (antigo prédio da FACOM).

Vamos intensificar ainda mais a luta contra os ataques do governo! No dia 30 de maio, vamos às ruas em defesa da educação e da Previdência Pública!

Participe! Lugar de TAE também é na luta!

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF