Assembleia de TAEs elege delegação para a Plenária Nacional da Fasubra

24/06/2021

As trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos da UFJF, reunidos em assembleia geral na última terça-feira, 22, escolheram a delegação que irá representar a categoria na Plenária Nacional Virtual da Fasubra nos dias 25 e 26 de junho. Entre as pautas a serem debatidas estão a Reforma Administrativa (PEC 32) e o retorno ao trabalho presencial sem vacinação. Na data estava previsto para ocorrer os encontros regionais, que, conforme o Informe de Direção da Fasubra, em função da conjuntura e em atenção a solicitações, os mesmos foram suspensos e serão discutidos na Plenária.

Para participar do evento como representante da direção do SINTUFEJUF, foi indicada e referendada pela assembleia, a coordenadora Isabel Cristina de Jesus. Dois coletivos se inscreveram para disputar as demais vagas de delegados, Tribo e Avante. A categoria do IF Sudeste MG não se candidatou.

O técnico-administrativo Paulo Dimas de Castro defendeu a candidatura do coletivo Tribo. Segundo ele, o atual período é de diversos ataques à categoria, e muito descaso com a população brasileira, principalmente com os servidores públicos. Para ele, ainda não é possível ir às ruas manifestar, mas a partir da vacinação a população precisa voltar a participar de atos junto a outros sindicatos, organizações políticas, partidárias e movimentos sociais. “A gente tem que incomodar o presidente, mostrar que nós existimos e estamos na luta! Precisamos fazer alguma coisa diante de tudo o que está acontecendo”, afirma. Paulo elogiou a atuação do sindicato contra a Reforma Administrativa, como as matérias que estão sendo veiculadas na imprensa local aos domingos e os outdoors, como uma forma de alcançar a população. Entretanto, para ele, ainda é preciso ampliar as ações para garantir a qualidade de trabalho da categoria, uma vez que todas as conquistas foram através de greve e mobilização.

O coordenador geral do SINTUFEJUF, Flávio Sereno defendeu a candidatura do coletivo Avante. Para ele, a grande ameaça que o serviço público enfrenta atualmente é a PEC 32 (Reforma Administrativa), que se for aprovada pode significar o fim da carreira, extinção de cargos e de concursos públicos. Por isso, Flávio acredita na importância de atividades como as que o Fórum das Entidades dos Servidores Públicos Federais de Juiz de Fora e Região (Fosefe) estão desenvolvendo, para levar a informação para a população que será atingida com o fim do serviço público. “É uma oportunidade de diálogo com a população sobre a situação trágica na qual a gente se encontra”, afirma. Ele ressalta que hoje as vacinas que estão sendo fabricadas no Brasil são através de instituições públicas, que estão pesquisando e produzindo. Outra questão apontada por Flávio e que será pauta da Plenária é o retorno presencial antes da vacinação, conforme vem sendo sinalizado pela UFJF e por alguns reitores de universidades do país. Ele reforça que o retorno seguro só é possível com 70% da população vacinada com as duas doses necessárias. “A Fasubra trazer isso para o debate é fundamental porque precisamos ter uma orientação nacional sobre como proceder em relação a essa situação que é comum em todas as universidades”, explica.

Após as defesas, a categoria votou por meio de um link disponibilizado no chat da plataforma virtual da assembleia. O coletivo Avante obteve aproximadamente 60,5% dos votos e indicou Flávio Sereno. Com cerca de 27,3% dos votos, o coletivo Tribo indicou Rogério Silva. Outros 12,2% se abstiveram na votação.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF