Educação promove mobilizações em todo o país, dia 17, contra os cortes no orçamento de 2021

No próximo dia 17, frentes parlamentares em defesa da educação, entidades sindicais e estudantis do setor, entre elas a FASUBRA, promovem um grande ato nacional contra os cortes anunciados pelo governo. A proposta de Orçamento para 2021 representa R$ 1,4 bilhão a menos para as IFES (Instituições Federais de Ensino), o que equivale a uma redução de 18,2% em relação ao Orçamento de 2020. No total, os cortes podem alcançar R$ 4,2 bilhões e afetar todas as áreas do Ministério da Educação.

O ato será virtual. Na data será lançado um manifesto conjunto, para dar início a uma ampla campanha em defesa dos recursos para a educação até a votação do Projeto de Lei Orçamentária Anual 2021, que precisará ocorrer até o final do ano. A proposta orçamentária poderá sofrer alterações durante a tramitação no Congresso Nacional. Por isso, é necessária muita mobilização para pressionar os parlamentares, nesse sentido.

A FASUBRA Sindical reforça a luta contra os cortes, já que a Educação e a Saúde são as áreas protagonistas no combate à maior crise sanitária da história. As Universidades, os Institutos Federais e os Hospitais Universitários, por meio do SUS, salvam vidas diariamente. O setor da Educação, por meio da ciência e da pesquisa, atua na busca por uma vacina e na produção de testes para identificar o vírus, Equipamentos de Proteção Individual (EPI), protótipos de respiradores, álcool em gel, fármacos, entre outros. Já os Hospitais Universitários em todo o país acolhem os pacientes acometidos pela doença, mesmo com toda a precarização e a falta de investimentos ao longo dos últimos anos.

Nos dias 17 e 18 de agosto, a Direção Nacional (DN) aprovou uma agenda e um plano de lutas para derrotar os novos ataques do governo à educação e ao serviço público. Além dos cortes, a Federação defende a imediata revogação da EC 95, a derrota da reforma administrativa e a luta contra o retorno ao trabalho presencial sem segurança. Para isso, a DN da FASUBRA orienta as entidades de base a realizarem Assembleias Gerais até o dia 4 de setembro

Vai ter luta! #ForaBolsonaroeMourão!

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF