Docentes da UFJF e IF Sudeste MG aprovam construção da greve unificada em fevereiro e paralisação dia 18 de janeiro

14/01/2022

A assembleia geral de docentes da UFJF e IF Sudeste MG convocada pela APES aprovou na noite desta quinta-feira, 13, a construção da greve unificada das servidoras e servidores públicos federais em fevereiro, da campanha salarial e das ações de mobilização, como a adesão à paralisação nacional no dia 18 de janeiro. Fazem parte da pauta, a reposição salarial, com índice a ser definido pelo FONASEFE; a luta contra a PEC32; melhoria nas condições de trabalho; revogação da Emenda Constitucional 95 (do Teto dos Gastos Públicos) e a construção de uma pauta específica da educação com as demais entidades que atuam nas IFES. A decisão segue a orientação da reunião do Setor das Federais do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), realizada ontem, 12.

A Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) também orientou seus sindicatos filiados a realizarem uma rodada de assembleia para se unirem ao movimento. Na próxima segunda-feira, 17, a partir das 15h30 é a vez das trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em educação também da UFJF e do IF Sudeste MG discutir em assembleia geral remota sobre a adesão à paralisação do dia 18 e à construção da greve. O link para participar foi enviado por e-mail, caso não tenha recebido, solicite por mensagem privada. Participe, lugar de TAE também é na luta!

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF