Conheças os candidatos a membros da CIS

Teve início a campanha eleitoral para escolha de novos membros da Comissão Interna de Supervisão (CIS), que acontece nos dias 26 e 27 de agosto através do sistema Siga-3.

As inscrições terminaram no último domingo, 18 de agosto. Em Juiz de Fora, concorrem os técnico-administrativos Daniel Macario de Oliveira, Gevã Schaefer Pereira Martins, Heronides Soares de Meireles Filho, Ivan Adriano Ribeiro , Jose Henrique Lopes , Ronaldo Dias da Silva e Sonali Mendonca Netto. Já em Governador Valadares, se candidatou a técnico-administrativa LIVIA FABIANA SACO. Os candidatos poderão produzir materiais de campanha e disponibilizá-los à Comissão Eleitoral para serem divulgados no site da PROGEPE. 

O trabalho da comissão consiste em acompanhar, fiscalizar, assessorar e avaliar a implementação do Plano de Carreira dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação da UFJF, além de propor à Comissão Nacional de Supervisão de Carreira (CNSC) os aprimoramentos necessários.

Confira as propostas dos candidatos:

DANIEL MACARIO DE OLIVEIRA

Pretendemos trabalhar assiduamente para aperfeiçoar o Plano de Carreira dos servidores da UFJF, além de participar ativamente do enriquecimento dos debates relativos a esse tema. Também entendemos ser necessário estabelecermos posições firmes no sentido de proteger a Carreira dos servidores da UFJF frente ao processo de avanço de uma pauta política que trata a Educação como adversária. Assim, nossa proposta é de avançar e, ao mesmo, blindar os avanços conquistados nos últimos anos pelo movimento unido dos servidores e daqueles que enxergam na Educação um instrumento de transformação e de evolução da sociedade, tornando-a mais justa e igualitária.

GEVÃ SCHAEFER PEREIRA MARTINS

Em breve o governo pode encaminhar proposta de reformulação da carreira. É importante estar mais perto da CIS para poder acompanhar essas mudanças. Por isso quero representar os TAEs do ICE na comissão.

HERONIDES SOARES DE MEIRELES FILHO –

Construir intercâmbio com outras comissões nas universidades e institutos federais; -Participar de todos os espaços em nossa categoria; – Buscar junto à gestão da universidade um espaço específico para os trabalhos da comissão; – Participar e propor avanços em nossa carreira; – Promover encontros e seminários com intuito de aprimoramentos em nossa carreira; – Procurar criar um canal de comunicação das nossas ações na comissão com a nossa categoria; – Manter-se atento às ações de desmontes promovidas pelo governo federal; – Buscar construir uma comissão de caráter regional para aproximar as reivindicações da carreira.

IVAN ADRIANO RIBEIRO

Eu gostaria de estar nesta comissão com a intenção de ajudar no dia a dia do servidor buscando sempre melhorias para nossa carreira sendo por meios legais, jurídicos ou junto ao ministério, sempre com o objetivo de melhorias para nossos servidores, tentar também resolver as questões dos auxiliares de enfermagem diante do enquadramento de 2003.

JOSE HENRIQUE LOPES Não encaminhou proposta.

RONALDO DIAS DA SILVA

Trabalhar o conceito da nova reestruturação do governo nas carreiras que deverá ocorrer após a homologação da Reforma da Previdência, buscando a manutenção ou nosso aprimoramento no PCCTAE, conquista importante da categoria desde sua implantação em 2005. Trabalhar em esforço conjunto para que as distorções em algumas funções sejam corrigidas dentro deste novo contexto, priorizando a manutenção de vagas em caso de aposentadorias e/ou caso de morte do servidor ou mesmo afastamento definitivo para que sejam preenchidas por concurso público. Debater os cargos que poderão ser extintos em função das propostas de digitalização de alguns serviços e quais serão os impactos no atendimento ao público e até mesmo quais prejuízos ao servidor que estiver em uma destas funções extintas poderão sofrer. Representando os servidores junto ao nosso forte sindicato, estarei sempre disponível a participar de forma efetiva, nos debates e seminários, a fim de discutir os temas propostos.

SONALI MENDONÇA NETTO

Ao participar no início deste mês de agosto de um workshop sobre informação aberta, fui alertada para a necessidade da realização de práticas confiáveis de produção e controle documental. Gostaria de contribuir para a otimização destas práticas na UFJF, principalmente em relação a garantir a fidedignidade da informação sobre nossas ações em nossas carreiras.

LIVIA FABIANA SACO

Em busca de dispositivos a favor dos Técnicos administrativos da educação da UFJF, principalmente no que condiz o Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (PCCTAE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) como membro integrante venho com o compromisso em acompanhar, avaliar e propor ações no que tange as atividades relacionadas a gestão, capacitação, ambiente organizacional e funcional do servidor TAE visando a transparência e espírito democrática do aprimoramento profissional na carreira.

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF