CATEGORIA REJEITA RESOLUÇÃO APRESENTADA PELA REITORIA E DEFENDE GRATUIDADE DE CURSOS

Trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos em educação da UFJF, se reuniram em assembleia na manhã de ontem, 17 de maio, no anfiteatro Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (antigo anfiteatro da Faculdade de Comunicação). O objetivo era defender a universidade gratuita, e discutir a resolução encaminhada pelo Conselho Superior que estabelece regras administrativas, financeiras e de gestão dos cursos de Pós-graduação Lato Sensu e Formação Continuada pagos oferecidos na UFJF.
Os coordenadores do Sintufejuf Marcio Sá Fortes e Pedro Cucco fizeram o relato sobre a reunião que aconteceu no Sintufejuf na véspera, 16 de maio, em que foram discutidas as propostas encaminhadas pela categoria, e fizeram um resgate das últimas reuniões do Conselho Superior, que pautaram o tema.
Para a técnico-administrativa Josane Weber contrária a cobrança em cursos de pós-graduação, o documento é excludente, uma vez que prioriza os docentes, cabendo aos TAEs apenas papéis administrativos. Desta forma, caso não seja possível rejeita-lo no CONSU, é necessário alterar o documento.
A resolução foi lida na íntegra durante a assembleia, e a categoria teve a oportunidade de realizar os destaques. Devido ao grande número de contribuições, concordando com a proposta de Josane, a categoria chegou a conclusão de que realmente será necessário modificar a resolução no CONSU. A partir desse processo, foi agendada uma reunião para segunda-feira, 21 de maio, às 13h, na faculdade de Serviço Social, para que o trabalho seja concluído. (SALA 5301 B)
A técnico-administrativa Maria Elisabete de Oliveira defendeu que a resolução seja voltada para todos os cursos de pós-graduação lato sensus e formação continuada, pagos ou não, uma vez que não deve haver diferenciação no regimento. Segundo ela, desta forma, a categoria reafirma que é contrária ao pagamento de cursos oferecidos dentro do campus. “Se já existe um regimento sobre os cursos não pagos, ele deve ser incorporado em uma única resolução”, afirma.

Confasubra
Devido ao longo debate em torno dos cursos pagos, os relatos sobre o XXIII Confasubra acontecerão em nova assembleia, dia 23 de maio, às às 8h30 no Anfiteatro da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (antigo anfiteatro da FACOM). (LEIA)

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF