Categoria aprova adesão à greve nacional da educação no dia 15 de maio

Em assembleias realizadas ontem no campus sede da UFJF – no anfiteatro dos estudos sociais, pela manhã – e no campus avançado, em Governador Valadares – na sala 407 do Colégio Pitágoras, a tarde – a categoria aprovou por unanimidade a adesão à greve nacional da educação, na próxima quarta, dia 15 de maio. O chamado à paralisação foi feito pela Fasubra e o objetivo é denunciar os ataques impostos pelo governo Bolsonaro à educação pública, gratuita e de qualidade. Dentre eles estão o contingenciamento de recursos para as universidades públicas, as tentativas de cerceamento da liberdade de expressão, o fim dos concursos públicos, a tentativa de eliminar as eleições democráticas para dirigentes, a destruição da Previdência Social e outros. Clique aqui pra saber mais.

Em Juiz de Fora a categoria aprovou a participação nas atividades convocadas pela Frente em Defesa da Previdência, da qual o Sintufejuf faz parte, e em Governador Valadares a categoria decidiu participar do aulão sobre a Reforma da Previdência com os servidores e estudantes da UFJF-GV e IFMG. Os horários e locais das atividades, todas realizadas no dia 15, ainda serão divulgados. Acompanhe o site do Sintufejuf para mais informações.

Durante as assembleias a categoria pautou a necessidade de atuação conjunta com outras entidades ligadas a educação, para conseguir barrar o desmonte colocado pelo governo. A maior parte das falas também levantou a necessidade de ocupar as ruas e mostrar pra população por que a universidade pública é importante para todas e todos, compartilhando os serviços prestados à comunidade, pesquisas desenvolvidas, etc. O ataque aos sindicatos, especialmente através da medida provisória (MP) 873/19, também foi apontado pela categoria como uma pauta de luta necessária à atual conjuntura, já que os sindicatos representam uma importante forma de organização da classe trabalhadora para garantia e defesa de direitos.

Na assembleia realizada em Juiz de Fora a Diretoria Executiva do Sintufejuf também convocou a categoria a participar do ato que acontece hoje, às 17h, na Reitoria da UFJF, em defesa da instituição e contra o corte de 30% nos investimentos às universidades públicas. Além disso, representantes da categoria que estiveram presentes na última reunião de direção ampliada da Fasubra, Pedro Cuco e Rosangela Marcia Frizzero, fizeram repasses do encontro. Segundo o relato, as discussões giraram em torno principalmente da reforma da previdência, com atividades de formação sobre o tema e momentos de articulação da resistência da classe trabalhadora.

Também foram indicados nomes para representar a categoria TAE no Conselho Municipal de Meio Ambiente (Condema) e no Conselho Setorial de Pós-Graduação e Pesquisa (CSPP). Quem assume a vaga de representante titular no Condema é Maria Elisabeth Helpes de Castro, tendo como suplente Lara Felix Pinheiro. Já no CSPP a TAE Cláudia Ciribelli Rodrigues Silva assume a vaga anteriormente ocupada por Maria Elizabete de Oliveira, que já havia informado anteriormente que não poderia continuar sendo conselheira.

Confira a seguir as fotos da assembleia realizada em Juiz de Fora:

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF