APÓS 15 DIAS DO FIM DA GREVE, TAES DO IF SUDESTE MG (CAMPUS JUIZ DE FORA E REITORIA) AVALIAM RETORNO ÀS ATIVIDADES

Após duas semanas do final da greve de 53 dias, a categoria se reuniu em assembleia geral, na última sexta-feira, 29 de junho, às 13h30, no Anfiteatro do Bloco administrativo para avaliar o retorno às atividades.

Antes de entrar no ponto de pauta, foi dado informes sobre a reunião do Fórum Intersindical, composto pelas entidades que representam os trabalhadores do instituto (Sintufejuf, Apes e Sinasefe), com o reitor Charles Okama.

Em relação ao retorno dos trabalhadores, a categoria relatou alguns problemas localizados como a restrição de trabalho de terceirizados na biblioteca que além de sobrecarregar os TAEs, tem prejudicado o atendimento aos estudantes.

Para tratar do assunto, o Sintufejuf solicitou reuniões com os responsáveis por cada setor onde estão acontecendo estes problemas para negociar uma solução.

 

Plano de saúde

 

Em relação a reunião sobre o Plano de Saúde, ocorrida no último dia 26, foi informado que a Uniben, empresa administradora do Plano da Unimed, apresentou uma proposta de reajuste de 23%, com alegação de que estão baseados no índice de sinistralidade e na inflação do último período. No entanto, não existe um relatório público da utilização do plano, somente a seguradora tem acesso a esse índice, uma vez que esta é uma informação sigilosa.

De acordo com o coordenador do Sintufejuf, Flávio Sereno, ao comparar a sinistralidade de trabalhadores da UFJF com os trabalhadores do IF Sudeste, o índice é aproximadamente o mesmo, em torno de 80%. Porém, a faixa etária sendo mais baixa, esta sinistralidade deveria ser menor, uma vez que pessoas mais jovens tendem a utilizar menos o plano de saúde.

O reitor do IF Sudeste MG Charles Okama, e o diretor de gestão de pessoas, Rivamar Marques de Araújo, estão elaborando uma contraproposta a ser analisada pela seguradora.

Uma das soluções sugeridas  na assembleia para reduzir o valor do plano seria negociar diretamente com a Unimed, sem o intermédio da Uniben. O Sintufejuf seguirá acompanhando as negociações.

 

SINTUFEJUF

SINTUFEJUF